Etiquetas

Hoje a vida levou-me ao encontro de campos e prados logo pela manhã.

Andando, acabei por chegar ao mar.  O oceano, sereno, deixava ver um horizonte sem mácula.

Encontro em Fiama Hasse Pais Brandão (1938-2007) os poemas próximo desta atmosfera plácida e escolho

 

Manhã, ergo cogito


A janela pálida reflorida

no ar cada vez mais visivel.

Também o prado revive

longe, depois de ter bebido

a sua água que dá

ao ar visibilidade.

Tão nítido, estendido numa colina.

 


Noticia bibliográfica:

O poema de Fiama Hasse Pais Brandão pertence ao grupo ENTRE OS ÂMAGOS incluído em Obra Breve e publicado por Editorial Teorema em 1991.

Anúncios