Etiquetas

Hoje que estou em maré de blog acrescento à avalanche de artigos esta terna canção com o pássaro sabiá como intermediário.

Nada sei do seu interprete que assina Marcantonio. Se algum leitor quiser deixar uma dica, agradeço.

A canção tem autoria de Luiz Gonzaga e Zé Dantas, e a interpretação mais antiga que conheço data de 1951 e é de Gonzagão.

A pintura é da brasileira Tarsila do Amaral (1886-1973)

Anúncios