Beldade etíope em 1845.

Saídos de uma Europa espartilhada pelo preconceito de raça, os viajantes que trotavam o mundo desenhavam o que encontravam, e hoje esses trabalhos constituem um testemunho, porventura diferente, da imagem que mentalmente construímos desses lugares e gentes.

Outra beldade etíope em 1845

Anúncios